quinta-feira, 30 de maio de 2013

Pérolas dos alunos 2013 - Compilação

Eu tinha acabado de tomar um pé na bunda do carinha do outro post e meu aluno mais valentão, mais ogrinho, percebeu que meu humor estava qualquer nota.

- Tia, você tá doente?
- Não.
- Então você tá triste??

Antes que eu respondesse, ele segura minha mão, como que querendo me consolar (esse é o maximo de carinho a que ele se permite).
Tem como não morrer de amor?

_____________________________________________

Ensinei ao aluno ogrinho que ele pode dizer coisas bonitas pras pessoas (pra mim, no caso). Coisas como "seu cabelo está bonito", " você tá cheirosa", "sua roupa é maneira"...
Dae que um dia desses ele tava todo de grudinho e pedi pra me falar uma coisa bonita. A criança me olha de alto a baixo, procurando algo pra elogiar. Pelo visto não achou nada interessante e fala, como prêmio de consolação:
- Te amo.


_______________________________________________

CRÍTICO DE ARTE

A professora, querendo ilustrar o que está falando, desenha um sol com os familiares risquinhos de raio em toda a volta.
Aluno observador está ali pra corrigir:

- Tia, esse sol tá errado. Não tem isso ae nele não.
- Tem sim, são os raios de luz.

Ele me chama do lado de fora da sala, e aponta, pra me mostrar o astro rei em todo o seu esplendor.
- Tem não. Ó lá.


________________________________________________

Tiro meu livro (Insurgente) da mochila e ponho na minha mesa. Aluno ogrinho olha pro desenho da capa, cutuca o colega e solta:

- Ó lá, a tia tá lendo um livro DO MAL!!



Dae que terminei esse e pego "A marca de Atena". Aluno vê a capa e:

- Ô tia, você só lê livro do mal????

________________________________________________

Ato I:
Aluno estressando o juízo, sentado pra refletir sobre o que fez de errado, batendo com o cavalo-balanço no chão. A professora afasta o brinquedo.
Ato II:
Aluno pede a colega que traga o brinquedo de volta. A professora direciona o brinquedo e empurra com mais força. Sem nenhum obstáculo a frente, o cavalo vai bem longe.
Ato III:
Aluno, com ar muito maroto, rindo e APLAUDINDO, diz: "caraca, maluco, a tia empurrou lonjão. Mó maneiro!!"
Todos riem.
 ______________________________________________________
Canto Elis Regina pros alunos. Eles
( ) se emocionam.
( ) não dão atenção.
( ) riem.
(X) riem de se jogar no chão, debochando da música e da professora.
_______________________________________________________
 Pintei o cabelo  e a pele ainda estava manchada. Aluna vai mexer nele, vê tudo vermelho, me olha com olhar de preocupação e:
- Tiiiiaaaaaaa, sua cabeça tá toda machucada de sangue!!!!!

1 pitacos:

Valeriana Melo Bataglião disse...

Querida D... falamos que ensinamos essas criaturas, mas, na verdade nós é que aprendemos não é? Que Deus te abençoe! Saudades. Val

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block