terça-feira, 19 de maio de 2009

Princesinha do papai. (ou Antigamente. ou Saudade)

Quando eu era criança, a data mais esperada do ano não era o Natal. Era o meu aniversário.
Era um dia todo especial, e era só meu! Meus pais fazem aniversário no mesmo dia, em novembro. Meus irmãos da extremidade fazem aniversário em outubro, uma semana de diferença. E o outro irmão faz em fevereiro, um dia antes da tia, dez antes da avó....
No calendário familiar, maio é exclusivamente meu.
Quando se é criança e insegura, isso faz toda a diferença.

Era maior alegria acordar e ter uma carta presa no espelho do banheiro. Sempre palavras doces, sinceras, lindas. Meu pai escrevia.
Na verdade, ele escrevia para cada filho, no dia do aniversário. Todo ano. E na minha vez, eu já ia dormir pensando em não dormir pra ficar de olho no Pap e ver o momento exato em que minha carta seria colada no espelho, e poder correr pra lá e ler a carta no minuto seguinte. Nunca consegui. Eu pensava se ele tinha alguma fonte de palavras bonitas, porque cada carta era diferente da anterior, e diferente das cartas pros irmãos. Era única. Como eu era única.

Se bem me lembro, recebi essas cartas até os 16 ou 17 anos. Depois, já adolescente - e muito, muito chata e burra -, não via com os mesmos olhos devotados aquela gentileza e carinho. O tempo passou, eu cresci e saí de casa.
Essa noite sonhei com Pap. E ele estava zangado comigo. Me deu um tapa no rosto - coisa que nunca fez de verdade. Acordei triste e morrendo de saudade dele. E daquelas cartas.

O que eu mais queria, amanhã, era acordar com uma cartinha dele colada no espelho do meu banheiro.

PS: sim sim, eu chorei ao terminar de escrever esse texto.

10 pitacos:

Madame Mim disse...

Oie guria.
Parabéns pra ti.
Ficou muito lindo o texo.
Carpe Diem.
beijão!

Giuliana disse...

Lindo seu texto, você conseguiu me emocionar, meu pai é tão carinhoso quanto o seu e muitas vezes me culpo por não ter dado o devido valor ou não ter retribuido!

Beijos

Robs... disse...

De, Ruiva...
Lindo...Isso veio com certeza de seu coração!

Amiga...Parabéns e felicidades...Saúde...sucesso...um pouco de amor e muito sexo!! kkkk

Vc sabe o qto te admiro, te respeito e o quanto eu te adoro, apesar de nossa natural distância!

Curta muito o seu dia...Sorria, chore, dance, cante, converse...faça o que der vontade!Mas seu dia é todo dia, pois todo dia é infinito, assim como você!

Grande Beijo

Robs (Seu quase melhor amigo paulista,rs)

ps: O lance do correio deixa pra próxima né? Vou doar seu presente!kkk
Beijão

Ozenilda Amorim disse...

Você já perdeu seu pai? pois é essa a impressão que dá. Bonito texto e tocante. Fique bem.
;)

Pão Com Maionese disse...

Nossa, que lindo!!!

fátima disse...

eu chorei também, pq. senti saudades do meu, muitas saudades...

é hoje seu aniversário, né? parabéns!! tenha um ótimo dia!!
(eu também sou taurina)

bj

Nanda Albuquerque disse...

Oi Ruiva,
fiquei bem emocionada com o seu texto, pq eu raramente tinha o meu pai presente nos aniversários, natais, páscoas, etc, porque ele era da marinha mercante e vivia viajando.
Então, apesar da saudade, é muito bom ter essas lembranças... justamente para poder sentir saudade...
bêê tóó
Nanda

Jú ツ disse...

Nada pior do que a saudade. Perdi meu pai a um ano, e só quem passa por isso sabe a dor q é; é uma dor que dói na alma. Me lembro dele todos os dias, às vezes chego até a pensar q ele pode chegar a qualquer hora... enfim, sei bem o q quis dizer ao escrevê-lo.

Jullyane disse...

Que delicadeza, que gentileza! Coisa mais linda fazia seu pai, me deu vontade de fazer assim para os meus filhos também.

Ah, adoro meu aniversário, sempre é a data mais especial do ano para mim. Sempre.

Beijos e feliz aniversário! Tudo de bom pra vc!

Cecy disse...

Ruiva,
Primeiro gostaria de dizer que me emocionei muito.
Engraçado como os melhores presentes e os momentos mais inesquecíveis das nossas vidas nunca tem relação com dinheiro. Carinho e amor não se compram e não tem preço.
Apesar da cartinha não estar lá você tem algumas que vão te acompanhar para o resto da vida e são uma das suas lembranças mais poderosas.
Parabéns e muita alegria no seu aniversário.
Acredito piamente que os professores são seres iluminados e que receberam um chamado especial.

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block