quinta-feira, 21 de maio de 2009

Balzaca!!

Trinta anos. Quem diria...
Parece que foi ontem que a vida começou. Ainda ontem eu era uma menina de uniforme beterraba indo pra escola com os irmãos. Posso jurar que ontem mesmo eu dei o primeiro beijo no primo da minha prima. Tem certeza que não foi hoje de manhã que eu abri os presentes da festa de 15 anos? Ou que fiz a primeira viagem sozinha? Não? Tem certeza?? Eu seria capaz de jurar que antes do almoço eu recebi o primeiro salário. Mas se você diz que não.....

O mais engraçado disso tudo é olhar pra traz e ver quanta coisa inesperada aconteceu. Enquanto eu planejava a minha vida, ela acontecia de forma muito diferente do esperado. E eu adoro a vida que tenho! Amo cada conflito do passado, cada fracasso, cada lágrima, cada surto e ataque de pelanca. Isso me transformou em quem sou hoje. E, te dizer, amo a pessoa que sou hoje! Amo mesmo.

É verdade que esperava uma crise existencial, ou algo do tipo. Mas não aconteceu. Nem o famigerado inferno astral apareceu esse ano. O que aconteceu foi a vida. Os amigos, as alegrias, as conquistas. E, claro, a felicidade.

Estou feliz por ter chegado até aqui. Quando se é adolescente, trinta anos parece uma idade tão distante, tão assustadora, tão tanta coisa. E não foi nada demais. Nem doeu. Aliás, doeu um pouquinho. E, mesmo assim, só porque crescer dói; ainda que seja um tiquinho de nada. E estou feliz de ter sentido essa dorzinha.

É isso. Sou uma trintona, uma balzaca. E é agora que minha vida começa pra valer!! Por isso mesmo, vou logo avisando: se você não é caveira, então pede pra sair! Porque agora, com o motor super potente, a Ruiva aqui está menos bolinho que antes. rsrsrs

3 pitacos:

Mari disse...

êêê, parabéns!!!
tô com medinho dos trinta que tão chegando, espero chegar lá animada como vc...
felicidades!!
bjs

Elaine disse...

Olá!
Balsac disse uma vez que nada tem a magia de uma mulher de 30; ele define bem o que é esta idade. Porém, você não se tornou esta mulher do dia para a noite. Não fez 30 anos de repente. Foi fazendo...Foi um longo e muitas vezes doloroso processo, até atingir a plenitude.Prepare-se pois com motor 3.0 o melhor ainda está por vir!
Parabéns e que Deus te abençoe abundantemente.
Beijos e beijinhos para este nenezinho tão fofo.

Nanda Albuquerque disse...

Parabéns Ruiva,

Agora é que a vida começa (e lots and lots of sex, se Deus quiser, hahaha)

bêê tóó

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block