quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Prudência é bom, e o povo NÃO gosta

Fico passada com gente que acabou de conhecer o outro e já acha que é o amor da vida, que vai casar e envelhecer junto, e já sai carregando o outro pra dentro de casa. Se antigamente já se corria risco, agora então.... Tanta gente cretina se fazendo passar por boas, e podemos facilmente comprar gato por lebre. Mas as pessoas andam numa gana de ter alguém pra chamar de seu, que não medem esforços, nem riscos, para tanto.
E então acontecem coisas como os dois casos que ouvi essa semana:

A garota conheceu o cabra pela internet. Se encontraram, se pegaram e um mês depois ele fala que quer ter um filho com ela. Ela, que já tem uma filha, aceita a insanidade do cabra e vai morar com ele. Dois meses depois, problemas. Ele não aceita que ela se ausente de casa pra ficar com a filha (que mora com a avó), e dá um ultimato: "ela ou eu". A garota optou pela filha, mas convenceu o cabra a ficar com ela. Daí que duas semanas depois, eles terminam. E cabra, inconformado, ameaça matá-la. Moral da história: ela está escondida, e cheia de medo.

Sujeita conheceu Cretino numa noitada, lá pela metade do ano passado. Se panharam loucamente e ela emburreceu. Eles brigavam muito, mas ela estava apaixonada e foi levando a relação. Até que, no Reveillon, ele a chama pra morar com ele. Ela, burramente, topa. E numa noite, depois da bebedeira, ele a agride fisicamente. Muito. E ela tem que fugir da casa dele em plena madrugada.

Cara, não sei se eu que sou muito pé no chão, ou se as pessoas que são malucas demais. Mas, caramba, era tão claro que isso ia dar uma m* monstra.
A vida não é minha, eu sei, mas é de gente que eu gosto, e com quem me importo. E fico indignada com isso. Custa ter um pouco de prudência??? Mal conhece a pessoa e já quer enfiar dentro de casa.. Se eu já era desconfiada horrores, só piorou. Até porque, já tive uma amiga assassinada DENTRO DA PRÓPRIA CASA, PELO NAMORADO.

Então, pessoas, por favor, prudência e canja de galinha não fazem mal algum!!

8 pitacos:

Elaine disse...

Olá!
é verdade, parece que quando minimamente apaixonadas as mulheres perdem o bom senso.
Eu tive uma amiga de infância que teve as mãos amputadas por um maluco que ela conheceu na fila do banco.E também uma prima parecidíssima comigo que foi assassinada pelo ex-marido em frete aos pais dela por que ele estava "descontrolado de ciúme".
As pessoas não são assim tão confiáveis não!
Bijos e fica com Deus.

fátima disse...

pois vou te falar uma coisa: grande chance de que elas vão arrumar outros bem parecidos com esses. tem gente que só arranja sarna, vc já percebeu? só se apaixona pela pessoa errada, só fica amiga da pessoa trambiqueira, só empresta dinheiro prá estelionatário, e por aí vai...
não sei pq., mas é assim...

bj

Silvia Maria disse...

Infelizmente isso acontece mais do que imaginamos... =(

Madame Mim disse...

Trocaria o "Sujeita conheceu Cretino" por "Sujeita conheceu Criminoso".
Bater em mulher é crime e tem que ser punido com tal.
Acho a pior das covardias.
Embora a Lei Maria da Penha esteja em pleno vigor (com falhas técnicas, mas em vigor-- e já um avanço), a maioria das mulheres vítimas de violência ainda não denuncia.A moça que tu menicona no post não foi à delegacia?
É uma mudança que vai acontecer devagar, mas tenho esperança que chegue o dia em que um cara vai pensar mil vezes antes de agredir uma mulher, por saber que estará sujeito a xilindró rápido e rasteiro.
Beijos

Mari disse...

Lendo o seu post, eu me lembrei de uma história que uma conhecida minha me contou. É sobre uma vizinha dela. Vamos chamá-la de X.
X era uma bela argentina de cabelos longos e modos delicados, parecendo até uma gueixa. Ela era filha de um fazendeiro bem-sucedido e se apaixonou perdidamente por um caminhoneiro brasileiro, Y. Como a família dela não aceitaria a relação, os dois fugiram juntos para o Brasil.
Viveram muito bem por anos. X se dedicava à casa e aos filhos, enquanto Y trabalhava. Mas um belo dia, Y chega em casa puto da vida com algum problema de trabalho. Os dois acabam discutindo e, nervoso, Y levanta a mão para bater na esposa. Pra quê?
Havia algo sobre X que Y não sabia. Ela e as irmãs haviam tido um excelente treinamento para defesa pessoal.
Quando Y levantou a mão para bater em X, ela partiu pra cima dele e os vizinhos só ouviram o som da pancadaria. Na manhã seguinte, Y apareceu todo enfaixado, usando atá um imobilizador de pescoço. Aposto que ele nunca mais vai sequer elevar o tom de voz na frente da esposa.

Madame Mim disse...

O rapaz da internet tbém é um criminoso. Ameaça tbém é crime.
Se eu fosse a guria, já tinha ido na delegacia tbém...
Muitas mulheres não denunciam por vergonha ou na esperança de que o marginal se recuper. E algumas acham que é só ameaça, que não ocorrerá crime de fato.
Mas pela experiência que tenho na área, 70% das ameças concretizam-se. Fora, repito, que a simples ameaça é crime, mesmo que não se cumpra.

bjos!!!

BitterSweet disse...

Olá \o e sobre o post... sei lá ruiva... eles devem ser assim pq sabe essa coisa atual de que a vida é curta... vamos aproveitar e bla bla bla? ae é que está, eles acreditam MESMO nesta frase e querem viver "tudo no mesmo momento agora". E tu como boa amiga tem que só aconselhar...

Jullyane disse...

Nossa, o pior é que todo mundo sabe um monte dessas histórias, coisas que aconteceram a conhecidos e tal, mas mulher quando se apaixona parece que perde umas dezenas de QI, sei lá.

Adorei o tema do post.
Beijos

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block