quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Da volta ao trabalho, porque não há de ser nada.

A escola nova é bem pequenina, principalmente em relação a anterior. Juro que me sinto quase claustrofóbica. Mas não há de ser nada.
Minha turma é a de dois anos e espero muito choro e ranger de dentes nesses primeiros meses. Muita fralda pra trocar e chupetas pra lavar. Mas não há de ser nada.
As pessoas.... bem, as pessoas. Pra quem assiste Lie to Me há três anos e sempre lê os livros de psicologia da mãe, acho que leio razoavelmente bem as pessoas. São malucas, claro. Não existe um professor que seja bom da cabeça (Ceci e Bia, queridas, me desculpem, mas é verdade). Mas parecem menos malucas que as antigas colegas - o que já é um progresso. E a diretora.. bom, só o fato de eu não chamá-la de Didi quer dizer algo, né? Mesmo ela sendo "melhor amiga de infância" da Didi. Mas isso não há de ser nada.

A escola é na Cantareira - e explico pra quem não conhece Niterói: Cantareira é O FERVO que fica nas imediações da UFF. Ou seja, diversão garantida sempre que houver estresse. E isso há de ser tudo.
Estou feliz de ter mudado e torcendo pra que o ano seja tão leve quanto foram as férias. Mas, se não for, não há de ser nada!

***************************************************

Tô MEGA feliz com meu bloguinho novo e mais feliz ainda porque várias amigas da Elaine resolveram visitar pra prestigiar o belo trabalho que ela fez e acabaram ficando.
Meninas, sejam muito bem vindas. Eu sou meio relapsa pra retornar e tudo, mas não é por mal. Pense numa professora que, além dos planos de aula, avaliações e blablabla, ainda gasta quase cinco horas do dia no trânsito e que faz de 10 a 14 matérias na faculdade. O tempo é artigo de luxo, né? Mas sempre que eu resolver chutar o balde, darei o ar da minha graça na casa de vcs, ok?
Brigadin pela presença por aqui.
;-)

4 pitacos:

Bia Bomfim disse...

"Não existe um professor que seja bom da cabeça." Não precisa pedir desculpas, pq eu concordo em gênero, número e grau, minha ruiva!

Luciana Matos disse...

Boa sorte no trabalho novo, boa norte na casinha nova e que essas novidades venham acompanhadas de muitas outras!
E que todas sejam boas!
beijo!

Priscila disse...

Interessante, porque sempre digo que professor merece o Prêmio Nobel, além de ficar, educar e cuidar dos filhos de outras pessoas, ainda tem que estudar e nunca tem tempo para suas próprias coisas!!
Sou filha de professora e minha mãe sempre passava a maior parte do tempo com os filhos dos outros do que com suas próprias filhas... Interessante!!!

Beijos

Cecy disse...

Só pelo fato de ter escolhido essa profissão já nos torna loucos, muito loucos. Ainda mais quando gostamos do que fazemos e tentamos convencer o mundo da dignidade da profissão. Pois além de louca, sou louca militante.
ps: Amei o layout novo.

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block