sábado, 9 de janeiro de 2010

Cada um no seu quadrado

Dia desses falei pra um sujeito que time de futebol é igual pinto: cada um gosta do que tem e acha que o seu é sempre maior, melhor e mais bonito que o do vizinho.
Mas, na verdade, essa máxima se aplica pra todos os gostos de um ser: musical, literário, cinematográfico, culinário...
E eu dei o azar de ter vizinhos com gosto musical totalmente diferentes do meu. TOTALMENTE! Isso não seria nenhum problema SE as pessoas limitassem suas músicas ao ambiente familiar. Não é o que acontece. Eles acham que todos os outros vizinhos gostam da mesma coisa, ou precisam aprender a gostar.

A vizinha do lado esquerdo ADORA Calypso, Claudia Leite, É o Tchan e afins. Bem, sempre agradeci a Deus por trabalhar o dia inteiro e não ser obrigada a compartilhar desse (mau) gosto. Mas estou de férias. E a vizinha também. Então imaginam, né? O relógio mal deu as nove badaladas de manhã e já ouço a voz de Joelma cantando (oi?) Cavalo Manco.
O vizinho da frente vai de acordo com as datas comemorativas. Em novembro e dezembro só ouvi Simone cantando Lennon. Hoje começou o samba enredo. Em março, músicas de Páscoa. Em outubro, músicas de criança.

Por que raios as pessoas resolvem compartilhar o som delas com o restante da população???? POR QUE???? Não quero! E não vou aturar. Que ser melhor que eles que nada. O lance é pagar com a mesma moeda!

Lembram que meus irmãos são músicos, né? Então, equipamento de som não falta nesta casa. Qual a medida tomada? As caixas de som mais potentes estão na varanda. Vou ali procurar o cd de Coldplay ou de Mozart pra ouvir um pouquinho.
hohohohohohoho

3 pitacos:

Cecy disse...

Ruiva, você e meu marido deviam se juntar. Ele odeia som compartilhado e adora bolar vinganças para os intrusos sonoros.

Throwing It All Away disse...

Aqui onde moro a rua é bem movimentada e na frente tem uma sinaleira, e toda hora, de todos os dias da semana passa um carro tocando o que eles supostamente chamam de música, dai as janelas e portas tremem, pois acredite, é muito alto. Pena não ter a sua sorte de poder planejar uma vingança, pois são apenas carros que ficam parados enquanto a sinaleira está fechada..e passam...

Beijos!

regina disse...

kkk, ninguém merece isso. E a minha vizinha aqui do escritório que curte: Bilu Tetéia, Balão Mágico... eu não aguento!!! E toca muita vezes a mesma música, aos sábados colocam as caixas de som na varanda para compartilhar... eu mereço???? COMO VOU RETRIBUIR???? bjus
reginajgr.blogspot.com

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block