quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Quando não tem que ser

"Pra falar a verdade, eu sempre quis você. Mas como você sempre foi do jeito que é, tive medo."

Essa frase foi dita ontem, por um amigo por quem fui apaixonada anos atrás. É... costumo dizer que sempre fui o que sou hoje, que não "me tornei" nada além do que já não era. Ele sabia disso. E como admitiu, teve medo. Pena.

Mas então, quando cheguei em casa, essa frase ficou martelando na minha cabeça e me perguntei por qual motivo não ficamos juntos. Nenhuma conclusão. Porque, pensa só, ele gostava de mim e eu gostava dele; éramos melhores amigos e os dois solteiros. O que nos impediu de tentarmos? Sei lá. Se ficássemos juntos, eu não teria me envolvido com o meu melhor namorado (que veio imediatamente depois desse cara, meio que pra aplacar a frustração), e não teria aprendido a ser mais reservada. Não teria ido pro ES pra curar a depressão e não teria conhecido pessoas que são tão imporantes na minha vida.

E de tanto pensar, fiquei sem sono. Por estar sem sono, fui andar a esmo na internet. Resolvi procurar meu nome no google e ver o que achava. Antes não tivesse feito isso.. Descobri que passei num concurso que fiz, em 2003, para minha cidade preferida do interior do estado. Como assim, Bial???? Pois na época, meu nome não apareceu na listagem de aprovados. Ainda lembro da Brux me gastando por eu ter feito a prova em 20 min. "Claro que você não ia passar!!" Mas, putz, eu passei. E agora essa informação não me serve de nada. Eu devia ter apresentado, naquela época, os títulos que comprovam a escolaridade exigida. Como não o fiz, perdi. E foi inevitável pensar "e se...". Porque não teria Didi no meu pé, eu moraria numa cidade muito fofinha, ganharia infinitamente mais. Por outro lado, sei que não teria coisas que tenho agora.

Mas quando não tem que ser...........
E, pra falar a verdade, bate uma leve inquietação quando penso nesses assuntos. Mas estou muito feliz com a vida que tenho hoje. Porque esta vida é a que tinha que ser.

8 pitacos:

fátima disse...

eu sou do tipo fatalista, sabe? acho que nada acontece por acaso. não que a gente não possa interferir na nossa vida, no destino, e simplesmente deixar a maré levar, mas tbém não adianta ficar esmurrando parede pelo que foi ou não foi, né? o desencadeamento dos fatos é tão complexo, que não dá p/ simplesmente tentar imaginar o contrário deles. aliás, p/ que, né?

bj

Madame Mim disse...

Isso aí, menina..o maldito "e SE" é uma dos pesamentos mais traiçoeiros.
Tudo é do jeito que era pra ser.
Adorei o texto.
beijos

Jullyane disse...

Acho que tudo que Deus faz é perfeito, nossas escolhas nos levam a destinos e por mais que nós pensemos no "se" nunca saberemos a resposta. Quem quer melhorar não deve se apegar aos "se's" do passado, mas fazer no presente por onde.

Beijos e um ótimo fim de semana!

Nanda Albuquerque disse...

Oi Ruiva,
Nó, qdo comecei a ler o texto pensei 'ela tá falando de mim', pq tbém tive um amigo de quem gostei mas q nunca passou de amizade... e qdo eu já tinha superado, ele veio dar em cima de mim, mas aí não tinha mais graça.
Nunca imaginei como teria sido se eu tivesse dado uma chance, mas tenho certeza que se tivesse, eu não seria quem eu sou hoje e EU ME ADOOORO! (pronto, tinha q sair uma bobagem, hehehe).

Bêê tóó

Robs... disse...

Ruiva, ruiva...
Esses "ses" me perseguem também, acho que todos nós temos!

Uma escolha muda todo seu futuro!

Mas, não tem como saber.

É o gosto de viver e aprender!

Beijos minha amiga.

Taís disse...

Xeretando por aí encontrei o teu blog, e já adianto que adorei.
Resolvi comentar este post porque é algo que sempre penso.
"Se"
Se eu tivesse feito isso e não aquilo, tivesse ido por uma rua e não por outra... são tantos "ses".
Me assusta um pouco pensar que uma escolha tão simples pode alterar um futuro todo.
Mas o que mais martela a minha cabeça é: e hoje? onde me levará este exato caminho que ando hoje?
Quem sabe?
Bjinhos

cherry disse...

adorei teu blog.
E lendo teus posts, opa!!
acho que vc é a ruiva de alguns posts que li no Mulheres Impossiveis.???!!!!!!!! Será???!!
beijos.

cherry disse...

adorei seu blog.
Sera que vc e a ruiva, da estoria do Mulheres Impossiveis??
???????!!!!!!!!!
Opa.

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block