sábado, 22 de novembro de 2008

Mulher e menina

Idéia devidamente copiada da Aninha.
*******************************
Eu sou menina quando quero ser o centro das atenções.
Eu sou mulher quando presto atenção nas necessidades dos outros.
Eu sou menina quando fico até tarde fofocando no telefone.
Eu sou mulher quando acordo cedo pra estudar.
Eu sou menina que gosta de brigadeiro e sorvete.
Eu sou mulher que come legumes crus e carne grelhada.
Eu sou menina quando vou pra casa da mamãe porque estou doente.
Eu sou mulher quando saí pra morar sozinha e aprendi a cuidar de mim.
Eu sou menina que brinca no balanço na praça.
Eu sou mulher que caminha no calçadão.
Eu sou menina quando fico zangada por ser contrariada.
Eu sou mulher quando admito que o mundo não tem que ceder aos meus caprichos.
Eu sou menina de calcinha de algodão com desenho de carinha.
Eu sou mulher de lingerie.
Eu sou menina de tênis e short.
Eu sou mulher de vestido e sandália.
Eu sou menina de meia colorida e pantufa.
Eu sou mulher de meia-calça e scarpin.
Eu sou menina que almoça hambúrguer por estar com pressa.
Eu sou mulher que faz o jantar para receber os amigos.
Eu sou menina que chora de saudade do avô.
Eu sou mulher que segura a tristeza quando alguém precisa de ajuda.
Eu sou menina de borboleta no cabelo desgrenhado.
Eu sou mulher de cabelo escovado.
Eu sou menina inconseqüente que faz o que tem vontade.
Eu sou mulher pensando na conseqüência e indo mais devagar.
Eu sou menina fazendo birra.
Eu sou mulher reconhecendo que estou errada.
Eu sou menina de biquíni na piscina de São Pedro.
Eu sou mulher em Petrópolis, de bota, gorro e cachecol.
Eu sou menina quando não estudo pra prova.
Eu sou mulher quando faço as pesquisas antes do prazo limite.
Eu sou menina dançando na rua com a "música que está tocando na minha cabeça".
Eu sou mulher simplesmente andando.
Eu sou menina que chora de raiva.
Eu sou mulher que agüenta a arbitrariedade do chefe, sem "criar um motim".
Eu sou menina dançando Xuxa com as onças.
Eu sou mulher na roda de samba na Lapa.
Eu sou menina que dorme abraçada com a irmã quando está triste.
Eu sou mulher no analista, tentando aprender com os erros cometidos.
Eu sou menina quando penso que não devo fazer, e faço escondido.
Eu sou mulher quando mando tudo pro espaço e faço o que tem que ser feito.
Eu sou menina vendo Procurando Nemo.
Eu sou mulher vendo Casablanca.
Eu sou menina que chora compulsivamente quando não vê saída.
Eu sou mulher que enterra o assunto e segue adiante.
Eu sou menina cantando na chuva.
Eu sou mulher ouvindo Joss Stone no mp3.
Eu sou menina de gloss.
Eu sou mulher de batom vermelho.
Eu sou menina de brinco de bolinha.
Eu sou mulher de argola nas orelhas.
Eu sou menina. Eu sou mulher. E no dia que eu não for as duas então não serei eu. Porque é assim que eu sou.

5 pitacos:

Jullyane disse...

Ahhhhhhhh, que lindo! Afinal de contas, todas nós somos meio-menina e meio-mulher! Beijos e tenha uma ótima semana!

MEL disse...

Olha, eu sou as duas coisas viu. Na medida certa, dosadamente equilibrada.

Lenyssa Nunes disse...

Adorei! E tbm adoro a Aninha:)

BeijoOo

Anônimo disse...

Nossa que legal.Parabens lindo seu blogger.
É a primeira vez ,que venho aqui.Vou volta sempre
bjs Emilia

Nêssa disse...

Oi!
Primeira vez que passo por aki...
Mas que lindo esse texto!
Me identifiquei!

Bjos...
Vanessa

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block