terça-feira, 15 de setembro de 2009

Cafetinada

ODEIO ser cafetinada. Odeio com todas as minhas forças. Mesmo quando era uma adolescente insuportavelmente tímida, odiava isso. Porque, né, um homem que valha a pena tem que ter coragem suficiente pra se arriscar. E se você não conhece o cara pessoalmente, se viu a foto no mural da amiga, ou o que seja, dá seu jeito e corre atras, se for o caso.
E sempre foi assim que fiz.

Mas então, um amigo que esqueceu como sou com esses assuntos, resolveu me cafetinar pra um cara. O sujeito viu minha foto no orkut do amigo e se apaixonou.
Por favor, me expliquem: como alguém se apaixona por uma foto? Ainda não consegui entender essa parte. Só eu que acho isso doentio? Ainda mais para um homem de 40 anos?

E não adiantou dizer que não estou exatamente a toa na vida.. O cara não vai desistir enquanto não me estressar profundamente. E, do jeito que as coisas andam na minha vida ultimamente, não vai precisar de muito pra conseguir este feito.

3 pitacos:

Jullyane disse...

Homem assim não entende sutileza, e tô vendo que vc vai acabar logo com a graça dele...

Beeeijos

HSLO disse...

Adorei o texto amiga...

ta me devendo uma visita viu.


abraços

Hugo

fátima disse...

arrasando corações, é?

bj

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block