domingo, 21 de junho de 2009

Antibiotico, essa coisa do mal

Cara, antibiótico é coisa tão do mal que:

- você tem que tomar no horário certo. Mesmo que isso signifique acordar de madrugada, DUAS VEZES pra tomar o treco (sim, pq nove da manhã é madrugada quando se está doente);

- o médico recomenda que você tome com leite. Leite puro?? ekaaaaa

- seu estômago fica detonado.

- seu cheiro muda.

Cara, o mais bizarro disso tudo é o cheiro mudar. Já reparou como o cheiro fica diferente? Sei lá.... com cheiro de hospital..

3 pitacos:

Márcia Correia disse...

Compreendo vc, miga. Estou nesta situação. Com uma "big" de uma cistite do ‘mal’, tomando um antibiótico camuflado do ‘bem’, e de quebra um antiinflamatório, que tem parentesco com o tal antibiótico (deve ser irmão)...aff! O estomago?! Só Jesus!
Pra relaxar, tenho uma prova estressante na terça-feira...os neurônios, coitados, estão recebendo só bombardeios... Até coloquei uma placa na porta do meu quarto – “Enfermaria”..rsss
Melhoras, miga,
Shalom

Nanda Albuquerque disse...

Oi Ruiva,
já 'melolou', já?! Tadinha, fiquei com peninha de ocê, mas qdo li que mami ia ajudar fiquei mais tranquila. Caramboleta, antibiótico é fogo mesmo, mas e eu que estou tomando um anti-fungico que deixa a ÁGUA com cheiro esquisito... já viu isso?

bêê tóó

Cecy disse...

essa do cheiro mudar é super bizarro. Essas coisas me dão medo.

 

Copyright © Histórias e Pensamentos de uma Ruiva Infinita. Template personalizado por Elaine Gaspareto Design by Volverene from Templates Block